sexta-feira, 7 de julho de 2017

Noite do Tango & Vinho.


Neste baile de 26 de agosto teremos atrações extras.
Além das duas salas, uma com Danças de Salão e outra com Sertanejo teremos uma apresentação especial dos músicos
"Duo Mirol - Díaz" com uma seleção de Tango das 22h as 23h.

E mais; Degustação de vinhos, Diversos sorteios e a tradicional comemoração dos aniversariantes do mês com bolo
por conta do Studio e mais um presente exclusivo para cada aniversariante "aluno".

Sistema digital de som, iluminação e climatização.
"DJ" tocando todos os ritmos, drinks e muito mais.
Informações ligue (11) 4426-9343.


Noite do Tango & Vinho - Tango ABC



22 comentários:

  1. Eu vou!! Boa música e degustação de vinho combinação perfeita!!! 👏🏼👏🏼👏🏼

    ResponderExcluir
  2. Venha participar, se divertir, esquecer meus problemas do dia a dia.

    ResponderExcluir
  3. Com certeza será um grande evento no ABC, para comunidade do Tango, e também para quem gosta de dançar. venha participar..!!

    ResponderExcluir
  4. Venham participar deste envento inédito aqui no ABC, vamos prestigiar esta dança tão empolgante e profunda que é o tango.

    ResponderExcluir
  5. O caminito é aqui!!!
    Vamos lá dançar e ouvir boa música.

    ResponderExcluir
  6. #amomuitotudoisso. Cada dia uma novidade. É muito bom fazer parte desta família dançante.... 😘😘

    ResponderExcluir
  7. Opa! Oportunidade incrível de apreciar bem de perto um Tango ao vivo , além das apresentações! Imperdível

    ResponderExcluir
  8. Tango! Um dia chego lá! Enquanto isso, aprecio!

    ResponderExcluir
  9. Tango e Vinho - Ótima combinação para uma noite, ainda mais sendo ao vivo!

    ResponderExcluir
  10. Tango uma paixão!!!!! Fazer a junção disso com pessoas incríveis é inenarrávelmente maravilhoso.... Para quem não conhece vale super a pena participar, venham!!!! Renato obrigado por me apresentar esse ritmo tão apaixonante e parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  11. Apaixonante ....impossível não dançar...

    ResponderExcluir
  12. Apaixonante ... impossível não dançar

    ResponderExcluir
  13. Ansiosa a espera dessa noite e com certeza será Maravilhosa !!!!!!

    ResponderExcluir
  14. Ansiosa a espera dessa noite que com certeza será Maravilhosa !!!!!

    ResponderExcluir
  15. Solange Vieira Bispo25 de agosto de 2017 19:48

    Sensacional! Tango é uma dança apaixonante!

    ResponderExcluir
  16. Elza Matsue Aguena25 de agosto de 2017 20:00

    Hj é sexta feira, mas amanhã é dia q espero todo mes c ansiedade: Baile no Studio Renato Mota,encontrar amigos e dançar muito...

    ResponderExcluir
  17. Patricia dos Santos25 de agosto de 2017 20:49

    Tango, degustação de vinhos e companhia pra lá de agradável de amigos que a dança e a vida me deram de presente...excelente programa para o próximo sábado, 26.08

    ResponderExcluir
  18. Patricia dos Santos25 de agosto de 2017 20:50

    Tango, degustação de vinhos e companhia pra lá de agradável de amigos que a dança e a vida me deram de presente...excelente programa para o próximo sábado, 26.08

    ResponderExcluir
  19. Uma grande noite para se dançar tango na companhia de bons amigos e boa música ao vivo

    ResponderExcluir

Emocione seus convidados com uma belíssima apresentação de Tango

Emocione seus convidados com uma belíssima apresentação de Tango
Com Renato Mota e Simone Oliveria

Latitudes africanas del tango...

Latitudes africanas del tango es otro de los libros que Néstor Ortiz Oderigo dejó inédito. Escrito en 1988, nos introduce en el tema quizá más controvertido de la identidad argentina: la prosapia negra del tango.Para nuestro orgullo blancoeuropeo representa una piedra en el zapato, una mancha congénita que ha intentado eliminarla u ocultarla. Queriendo explicar su prosapia negra, analiza cuestiones de otras músicas afroamericanas como el jazz, contemporáneo al tango y en cuya génesis la participación negra no tiene discusión. Oderigo fue el primero que nos enseñó a “pensar en tres” –orígenes,blancos y negros– nuestra cultura cuando, con suerte, se “pensaba en dos”, pues el monopolio de la patria blanca apenas dejaba algún resquicio a lo aborigen y lo negro no era más que un capítulo de escasos renglones y situado siempre en el período colonial. Argentina no fue ni es el país blancoeuropeo que imaginaron nuestros abuelos sino parte indisoluble de afroamérica. No nos diferenciamos por no poseer población negra sino por no asumirla como parte de nuestra identidad y no le estamos reconociendo el lugar y los méritos que le corresponden.

Participações...